Prática e estilo – dicas para a iluminação do seu lar

Escrito 19/03/2021

Você conhece os decorados da HM? Modéstia à parte, eles possuem um charme especial! Para conferir, dê só uma olhada em nosso Pinterest. É fácil notar que a mobília e os utensílios domésticos são, sem sombra de dúvidas, elementos fundamentais para a composição dos ambientes. Isso você também pode comprovar em nosso post de fevereiro sobre decoração! No entanto, há ainda um terceiro elemento que ajuda – e muito – a criar a atmosfera ideal para cada cantinho de seu lar. Estamos falando da iluminação. 

A luz, de fato, possui um poder transformador. Trata-se de um elemento que, além de possuir fins práticos e funcionais, realça os detalhes estéticos da casa e cria o clima de cada ambiente: sala de estar e de jantar, quarto, banheiro, cozinha, corredor… Cada uma dessas áreas possui particularidades nas quais a iluminação desempenha um papel fundamental.

Se você quer entender um pouco mais sobre as melhores maneiras de trabalhar a claridade no seu HM, este texto pode (com o perdão do trocadilho) te iluminar um pouco!

Para começar, vamos para um assunto mais técnico: tipos de lâmpada. Há, para além da estética, aspectos funcionais que devem ser levados em consideração. Um deles é o tipo de lâmpada que você vai utilizar. Pesquise bem antes de escolher, pois uma das diferenças entre elas é a conta de energia no final do mês. Alguns tipos populares são:

  • Fluorescente – trata-se de uma lâmpada muito comum e utilizada por ser econômica. Apesar de ser possível encontrar no tom amarelado, geralmente elas possuem cores frias, como branco e azul. O seu tempo de duração não é dos maiores, mas também não acaba tão rápido se você souber poupar.
  • Incandescente – ilumina pouco, esquenta demais e consome muito. Essa aqui já foi mais popular em outros tempos. Hoje em dia, na verdade, é considerada uma lâmpada antiquada. Um de seus únicos pontos positivos é que o preço dela é bem barato. Mas, colocando na ponta do lápis, logo você perceberá que não compensa quando for pagar a conta de energia e ver o quanto ela consumiu.
  • Halógena – se o tom amarelado da lâmpada incandescente te atrai, a halógena pode ser uma ótima opção, pois esteticamente as duas são bastante similares! Apesar de também esquentar o ambiente, seu tempo de vida é o dobro da incandescente, além de também ser mais potente.
  • LED – a queridinha do momento! E não sem motivo! As lâmpadas de LED gastam 90% menos energia, possuem um tempo de vida de 15 mil horas e não esquentam o ambiente. Além disso, possuem uma aplicação super versátil!

Além das lâmpadas, outro ponto importante é o tipo de iluminação. Vamos abordar aqui alguns dos mais comuns e que, para o projeto luminotécnico de sua casa, poderão ser úteis:

  • Difusa – é a iluminação que, de maneira suave, ilumina uniformemente todo o ambiente, sem gerar contrastes. Sabe aquela luz que colocamos no centro do teto da sala? É um bom exemplo! Para funcionar bem, o melhor é usar lâmpadas de LED ou fluorescente.
  • Indireta – trata-se da luz que reflete na superfície branca e se distribui pelo ambiente. É comum ser usada nos forros de gesso ou em arandelas. Ela é perfeita para criar uma atmosfera mais intimistas nos cômodos. Se seu objetivo é deixar sua sala de estar mais elegante, por exemplo, a indireta é a escolha certa.
  • Direta – nesse caso, a luz incide diretamente sobre algum ponto específico. A luminária do espaço de home office ou o abajur do criado mudo são os exemplos mais comuns do estilo direto.

Agora que você já tem algumas informações básicas, para levar seu projeto luminotécnico caseiro adiante basta lembrar de uma coisa: cada ambiente possui uma finalidade que deve ser respeitada. Isso quer dizer que as luzes devem ser trabalhadas, para além da estética, com a função prática dos cômodos. É contraproducente, por exemplo, aplicar a iluminação indireta em lugares que a claridade forte é necessária, como a cozinha ou a lavanderia. Ou ainda pode ser bem incomodo usar um tipo de lâmpada que esquenta demais em um banheiro.

Aliando seu senso estético e gosto pessoal com o tipo de iluminação correta, nós temos certeza de que seu HM ficará ainda mais aconchegante e, claro, muito estiloso! E aí, o que achou de nossas dicas? Se você quer saber mais sobre o universo doméstico e as novidades da HM, confira nossos outros posts! Estamos também no Facebook e no Instagram!

Veja também